Publicado por: luizerbes | março 3, 2012

Os heróis da conquista grená

Na mídia tradicional, o grande reverenciado pela conquista grená tem sido o presidente da SER Caxias, Osvaldo Voges, pelo trabalho de recuperação do clube, iniciado em 2007. É um trabalho importante, provavelmente sem ele o clube não tivesse erguido a Taça Piratini. Mas quero, aqui, destacar o desempenho de outros personagens importantes nesta conquistas – afinal, não é a primeira vez que o Caxias tem um time competitivo, embora seja o primeiro grande título da gestão Voges.

Paulo Porto

O técnico pegou um grupo novo no final de 2011 e conseguiu, em pouquíssimo tempo, montar uma equipe competitiva. O time marca com eficiência, tem bom volume de posse de bola e ataca com vários jogadores. Esse foi um dos diferenciais do Caxias, que fez com que oscilasse tão pouco e apresentasse um futebol de alto nível.

Paulo Sérgio

O goleiro foi decisivo nas duas decisões de pênaltis e foi bem em todos os jogos. Precisa mais?

Lacerda

O zagueiro, capitão do time, mostrou liderança e comandou muito bem o setor defensivo. Bom na defesa, participou também ofensivamente em vários jogos – quase fez, contra o Grêmio, o gol da virada, não fosse a boa defesa de Victor.

Fabinho

O lateral esquerdo foi o jogador perfeito. Marcou com eficiência, sempre apoiou o ataque, fez gol e deu assistências – o passe para o gol de Vanderlei, contra o Novo Hamburgo, foi espetacular. Só uma pergunta: O que Fabinho estava fazendo na segundona gaúcha?

Os volantes

O trio Umberto, Paraná, Matheus jogou um futebol de alto nível, marcando e defendendo. O entrosamento dos três foi ótimo: Umberto foi uma espécie de cão-de-guarda na frente de casa, enquanto Paraná e Matheus, mais soltos, solidificaram o meio, defensiva e ofensivamente.

Vanderlei

O atacante foi anunciado, na contratação, como um jogador veloz. Foi mais do que isso. Aliou à velocidade uma dose de eficiência. Marcou gols, construiu jogadas e transformou-se em uma peça imprescindível para esse Caxias.

***

Esses foram, a meu ver, os grandes destaques. Mas, acima de tudo, o que premiou o Caxias foi o seu conjunto: até quem não se destacou tanto foi bem.

***

Para a Série C, o time está pronto, faltam apenas alguns reforços para ampliar o leque de opções no banco. O risco é alguém sair.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: