Publicado por: luizerbes | novembro 1, 2011

O mundo do dinheiro não gosta de democracia

O acordo dos riquinhos europeus para salvar a Grécia, com perdão de metade da dívida e um rigoroso programa de cortes de despesas do país, ganhou um ingrediente novo na segunda-feira: um plebiscito. Depois de bancar várias vezes as decisões dos principais líderes da Europa, o governo grego decidiu colocar o pacote em votação popular.

Resultado: os mercados financeiros reagiram negativamente nesta terça-feira, com o temor de que os gregos não aceitem mais sacrifícios. Houve queda nas principais bolsas europeias e da Ásia, o que deve ter efeitos na “bolsinha de Sampa” (elevada a status de preponderante pela Globonews).

Além da queda nas bolsas, integrantes de governos europeus e entidades financeiras mostraram indignação com a decisão do governo grego. Queriam o amém incondicional, e não um plebiscito. Devem achar que coisas que realmente importam não devem ir a voto popular.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: