Publicado por: luizerbes | outubro 20, 2011

Os Estados Unidos e a morte de Gaddafi

Parece que o lema de Barack Obama, o guerreiro, é o seguinte: se for para matar alguém, estou dentro. O presidente que já se vangloriou das mortes da Osama bin Laden, de outros inimigos árabes e de um clérigo radical com nacionalidade norte-americano, agora festeja a morte de Muammar Gaddafi.

Obama pode estar achando que parece um John Wayne, caçando seus “índios”, mas  a sua política bélica apenas vai continuar afundando o seu país – a menos que ele consiga uma guerra mundial, o que parece estar procurando. Em prol da paz, apesar do prêmio Nobel que levou em 2009, nada fez até agora; nem fará. Nem devolverá o prêmio.

***

A mídia anda dizendo que Gaddafi morreu em troca de tiros, mas tudo indica que foi execução. O tiro na cabeça, um pouco acima da orelha, é a marca clássica de execução. Além do mais, foi capturado vivo. Como pode? Mas Gaddafi era Gaddafi, a mídia é a mídia, então tudo fica assim, como se tivesse sido uma troca de tiros. Por que complicar?

***

O que vai ser da Líbia? É difícil saber, apesar de algumas coisas estarem claras: o petróleo vai seguir rumo ao Ocidente, as eleições não vão acontecer tão cedo, e a democracia é um mero espectro e dificilmente emergirá. O Ocidente sempre foi pródigo em defender a democracia e bancar tiranos. Iêmen, Bahrein, Arábia Saudita…

***

Gaddafi se vai. Socialmente, melhorou a Líbia, com construção de hospitais e políticas sociais. Economicamente, isolou o país e impediu maiores avanços. Politicamente, foi um tirano, que perseguiu seus rivais políticos, se valeu da tortura e de assassinatos.  Não deixa saudades, mas será que o que virá agora será muito melhor?

Obama jura que sim, mas sabe-se que o que Obama em dizer coisas que não se tornam verdade.

***

Pelo menos nesta quinta-feira, em função da morte de Gaddafi, a mídia deixou Orlando Silva em paz.  O PM que apresentaria as provas a Polícia Federal nesta quinta-feira disse, nesta quinta-feira, ter os documentos. Mas não apresentou as provas. E o áudio? Não falou sobre o áudio, e a mídia também não perguntou. Desconfio que o PM, envolvido até o pescoço em casos de corrupção, perdeu o áudio.

O PM parece o Obama: promete, promete, promete…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: