Publicado por: luizerbes | outubro 4, 2011

O Brasil, a desigualdade e o atraso

Uma das formas de medir o grau de avanço de um país – não a única, é claro – e avaliar a diferença entre os salários mais altos e baixos no serviço público. Quanto maior a diferença entre o que ganhar menos e mais, pior; quanto menor, melhor. O Brasil, neste item, está no primeiro grupo, em que a diferença é colossal; e há possibilidade de ficar ainda pior.

Hoje o teto no serviço público é de R$ 26,7 mil, salário que recebem a presidente, ministros, juízes, senadores, deputados, enquanto que o valor mínimo deve ser o do salário mínimo (R$ 540).  Ou seja, a turma do andar de cima ganha 49 salários mínimos – dois anos de um salário do sujeito que menos recebe.

O andar de cima pode até gritar que tem um desconto maior do Imposto de Renda, mas é preciso lembrar que presidente, ministros, juízes, senadores e deputados têm verbas de ajuda de custo, ganham passagens e se beneficiam de outras regalias – se o deputado não aparece um dia não tem o salário descontado, enquanto o cara do cafezinho não tem a mesma sorte.

Tudo pode piorar, já que os juízes querem um aumento, de R$ 26,7 mil para R$ 32 mil, como indica esse texto reproduzido no Blog do Nassif (leia aqui). O aumento depende do Congresso, mas sabe-se que os juízes do andar de cima têm poder de persuassão maior do que os barnabés.

Anúncios

Responses

  1. É incrível uma matéria dessa, a moséria e a pobreza assolam o brasil. E preciso que tenhamos um pais com uma liderança voltada para a diminuição das desigualdades sociais.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: