Publicado por: luizerbes | setembro 22, 2011

As mentiras e Barack Obama

Duas frases de Barack Obama, o presidente norte-americano, sobre a busca de reconhecimento dos palestinos na ONU:

– “Estou convencido de que não há atalho para encerrar um conflito que dura décadas. A paz não virá por meio de resoluções na ONU. Se fosse fácil assim, já teria ocorrido.”

“Paz é trabalho duro (…). No final das contas, são os israelenses e palestinos –não nós– que precisam chegar a um acordo sobre as questões que os dividem: sobre fronteiras e segurança; sobre refugiados e Jerusalém”.

As duas frases trazem mentiras embutidas. Se a ONU não é lugar para solucionar o problema, qual o caminho? São as conversas de paz que Israel, com o apoio explícito dos EUA, sacaneia sempre?

No final das contas, o que o Obama está dizendo é isso: “A paz é um processo difícil, e nós (EUA e Israel) vamos fazer de tudo para inviabilizar qualquer tentativa neste sentido. Vamos continuar falando com os palestinos, apenas para enrolá-los.”

Até hoje os EUA só fizeram isso; jamais defenderam uma solução, só o adiamento da solução.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: