Publicado por: luizerbes | setembro 17, 2011

A crítica aos mitos da Revolução Farroupilha

O jornal “O Caxiense” traz uma entrevista interessante de Juremir Machado da Silva sobre a Revolução Farroupilha, que os gaúchos comemoram mais uma vez nestes dias – o dia principal é o 20 de setembro, feriado na província. O autor critica a mitificação da revolta, que começou em 1835 e terminou em 1845, que vem se acentuando nas últimas décadas, com a contribuição da mídia.

Na entrevista, Juremir diz que a Revolução Farropuilha “era uma revolução da Farsul da época”, com o uso do “método das Farcs”: “saque à propriedade adversária, degola, sequestro.”  Além do mais, o autor afirma que os farroupilhas, que supostamente defendiam o fim da escravidão, venderam negros no Uruguai para financiar a guerra.

O artigo completo está na edição impressa.

Anúncios

Responses

  1. Na terça é a minha vez.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: