Publicado por: luizerbes | setembro 13, 2011

A pobreza no país mais rico

Maior economia do planeta, os Estados Unidos também têm um enorme exército de pobres. São 46,2 milhões nesta faixa, segundo relatório divulgado hoje (leia texto aqui). É um número bem superior a 2009, quando 43,6 milhões viviam na pobreza. A linha de pobreza é de 22,113 dólares para uma família de quatro pessoas – para os padrões nacionais 22 mil dólares (um pouco mais de 35 mil reais) é até um bom dinheiro, mas nos Estados Unidos não dá para muita coisa.

O número é ainda mais significante se olharmos a evolução da pobreza no país mais rico do mundo. Em 2001, 11, 7% eram pobres; hoje, eles representam 15,1%. Destes, 6,7% vivem em condições de pobreza extrema (ganho inferior a 11 mil dólares anuais, para uma família de quatro pessoas).

Esse não é o único dado negativo do levantamento: a renda média dos norte-americanos também caiu, para 49.400 dólares – algo em torno de R$ 75 mil. A redução foi de 2,3%. O impacto foi mais sentido pelos jovens, aqueles entre 15 e 24 anos, com queda de 9%.

A crise não mudou a vida dos ricos, que continuam se dando bem na terra de Tio Sam. A coisa está ficando preta para quem trabalha – e muito preta para quem está desempregado (também em número recorde).

É um sinal claro de que o modelo neoliberal, tão eudeusado nos Estados Unidos e com seus discípulos tupininquins, não é tão propalada solução para tudo. Pelo contrário, é o fator de ampliação da pobreza.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: