Publicado por: luizerbes | junho 20, 2011

Grécia: chegou a hora do calote

A União Europeia tenta “salvar” a Grécia, com um pacote de ajuda bilionária para o país pagar o que deve. Ou seja, a ajuda não é para os gregos; é apenas para os gregos seguiram como bons pagadores de uma dívida que dificilmente conseguirão pagar nas próprias décadas.

Desconfio que a melhor saída é o que ficou conhecido por essas bandas como “default”, aplicado pelo governo argentino nos anos 2000 e que deu fôlego para o país vizinho sair da crise oriundo do governo Menén (por vários anos, um exemplo a ser seguido, na visão dos burocratas do FMI).

É isso mesmo: desconfio que a melhor saída para os gregos é o velho e tradicional calote. Não pagar, reestruturar a economia internamente e convidar os credores para rever o montante da dívida, já devidamente paga mas gigantesca devido aos juros cobrados pelos países ricos.

Por que não o calote? Os islandeses já optaram pelo calote; gregos, espanhóis e portugueses deveriam seguir o mesmo rumo e, tal como o governo islandês, perguntar ao povo o que desejam. Afinal, não vivem numa democracia (aquela coisa do governo do povo, para o povo e pelo povo)?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: