Publicado por: luizerbes | maio 28, 2011

A Justiça contra a democracia

Em um regime democrático, discordar deveria ser livre. A Justiça brasileira parece discordar dessa opinião e, uma semana após proibir a “Marcha da Maconha” em São Paulo, resolveu proibir também a “Marcha da Liberdade”, prevista para este sábado.

Não sei se é um resquício da ditadura, mas é o sim incondicional dos jurados que estudaram anos (mas foram doutrinados, pelo jeito) a uma política de repressão, originada dos Estados Unidos nos anos 1930, que criou o pode se chamar a bilionária indústria do narcotráfico.

O juiz, ao decidir pelo proibição, disse “amém” aos financiadores dessa política e esqueceu de olhar para frente, para políticas que até alguns da direita já consideram (como FHC) como mais produtiva do que essa em vigor.

Recomendo aos juízes que leiam “Desobediência Civil”, texto clássico de Henry David Thoreau. É um texto curto, não deve cansá-los muito.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: