Publicado por: luizerbes | maio 8, 2011

Um mês depois, a preocupação colorada

Celso Roth foi demitido após a derrota de 1 a 0 para o Jaguares, no dia 4 de abril. Falcão assumiu alguns dias depois, badalado como a solução para o longo período sem futebol no Beira-Rio (segundo um amigo, após o título da Libertadores de 2010, foram dois ou três jogos bons e só) e para acalmar os ânimos da torcida. De brinde, ganhou um auxiliar considerado de luxo: o técnico Julinho Camargo.

Um mês depois, resta apenas preocupação. O futebol do Inter piorou.  Rodada pós rodada, as atuações parecem menos convincentes, ampliando as dúvidas. À derrota contra o Peñarol, que representou a eliminação da Libertadores, somou-se o 3 a 2 no Gre-Nal, deste amigo. Nos dois jogos, o Inter foi um arremedo de time. Não jogou e foi vulnerável, sendo facilmente envolvido.

E agora? A palavra está com o presidente Giovanni Luigi e o vice de futebol Roberto Siegmann. Ou seja, vem aí as desculpas…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: