Publicado por: luizerbes | abril 9, 2011

Mais um atirador, agora na Holanda

Enquanto nossa mídia vai em busca de detalhes sórdidos sobre a tragédia no Rio, para alimentar a audiência, na Holanda um atirador resolveu descarregar sua pistola automática em um shopping center. Matou seis pessoas, feriu várias outras e, no desfecho já conhecido, cometeu suicídio.

É gente demais morta em circunstâncias absurdas, só porque um maluco optou por um “the end” cinematográfico. O que era cena comum apenas em alguns países, globalizou-se.

Sobre o tema, trago dois links: o primeiro, sobre com o título “Refinamento das armas“, é de um blog; o segundo, “Deixar a vida para entrar no espetáculo“, é do Observatório da Imprensa.

Anúncios

Responses

  1. Luiz, excelente indicação a leitura do texto do Clóvis, o “Refinamento das armas”. Traz questões instigantes, faz pensar.
    Vale a pena para quem quiser ventilar outras ideias.
    Abrazz!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: