Publicado por: luizerbes | março 8, 2011

À espera de um motivo para intervir

A essa altura, com as forças pró-Gaddafi e os rebeldes intensificando a luta na Líbia, os Estados Unidos estão esperando apenas um motivo para intervir militarmente no país do Norte da África. O discurso será o de sempre: proteger a popular de um líder cruel. A mensagem está clara no discurso de Barack Obama de ontem (leia texto do The Independent aqui).

Qual pode ser esse pretexto? Um ataque que vitime um determinado número de civis, sejam rebeldes ou não, que possa ser explorado pela mídia ocidental e causar revolta. Isso poderia ser o suficiente para a Otan, a organização militar liderada por Estados Unidos e reforçada por países europeus, entrar em ação e obter garantias para o petróleo continuar jorrando.

Uma saída diplomática ainda é possível a esta altura, mas parece que os Estados Unidos trabalham contra essa opção. Pressionado, Gaddafi certamente sairia, sob certas garantias, como revela esse texto do Uol (que informa que o ditador propôs aos rebeldes sair, com algumas condições).  Seria a melhor opção.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: