Publicado por: luizerbes | março 6, 2011

Adeus ao parceiro de viagem de Che

Neste sábado, faleceu o argentino Alberto Granado, o companheiro de Che Guevara na célebre viagem dos dois por países da América Latina, nos 50 anos, imortalizada no filme “Diários de Motocicleta”, de Walter Salles. Granado tinha 88 anos e morava em Cuba desde os anos 60.

Granado acompanhou Che na viagem, que começou de motocicleta na Argentina, por Chile, Peru, Colombia e Venezuela. Na jornada, os dois conheceram os problemas sociais e a exploração dos latinos-americanos. A viagem levou Che, anos mais tarde, a entrar na luta ao lado de Fidel, na revolução cubana, e se transformar num ícone da esquerda mundo afora.

No filme, Granado é o sujeito mais pé no chão, pragmático, enquanto Che é emotivo. As diferenças, no final das contas, pontuam toda a viagem. Há, por vezes, atritos, mas a amizade conecta os dois.

Confira matérias sobre Alberto Grando em português, espanhol e inglês. Abaixo, um trailer de Diários de Motocicleta. Se você não viu, veja. Vale a pena.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: