Publicado por: luizerbes | fevereiro 18, 2011

O poder oculto da Rede Globo

Vi a história no Blog do Nassif, mas inicialmente ela foi publicada no Blog da Amazônia. Mostra o poder oculto da Rede Globo – por oculto, refiro-me ao poder exercido debaixo dos panos, não explícito (não sai em editoriais ou em opiniões, mas é exercido com mão-de-ferro).

A história é simples: até pouco tempo atrás, o Acre tinha o horário de -5 GMT (cinco horas a menos de Greenwitch; ou duas a menos que Brasília).  Quanto Tião Vianna (PT) era governador do Acre, ele editou um decreto alterando o fuso horário, para -3 GMT – ou seja, o Acre adotou o horário de Brasília.

No ano passado, a população do Acre foi às urnas, para escolher, presidente, senador, deputado federal, deputado estadual e… v0tar num plebiscito para decidir se permanecia o novo horário (-3 GMT) ou voltava o antigo (-5GMT). Ganhou o antigo.

Tudo resolvido, então. Pois aqui entra o Brasil da Rede Globo. O novo horário (ou melhor, o antigo) não entrou em vigor ainda por que a Globo pressiona os políticos para não assinarem a mudança. Como todos têm medo da Globo – menos aquele deputado do PTB gaúcho, Sérgio Moraes, aquele que se lixa para a opinião publicada -, a mudança ainda não se concretizou.

Pergunta: o poder da Globo se impõe sobre 56,87% dos acreanos (é isso, ou acriano) que votaram pela alteração do fuso horário?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: