Publicado por: luizerbes | outubro 7, 2010

Primeiro a mentira, depois o pedido de perdão

Pelo visto, setores conservadores da Igreja Católica e grupos evangélicos vão adotar uma postura que soa incongruente com os princípios cristãos: mentir, enganar, distorcer, para alcançar um determinado objetivo. Depois, como é recomendado, é preciso pedir perdão, rezar umas ave-marias e seguir a caminhada rumo ao céu (intercalando pecados e pedidos de perdão).

Parece que é essa a postura adotada em relação a Dilma Roussef, em relação ao aborto. Agora, a estratégia é procurar atingir a candidata, com uma campanha sórdida (e com a conivência do católico José Serra), de qualquer forma, para tentar impedir a eleição dela. Depois, funcionando ou não a campanha, será preciso expiar os pecados, tão condenados pela Bíblia e tão aceitos e praticados pelos mais fervorosos fiéis.

É assim que vão chegar ao reino dos céus, pecando e pedindo perdão? Aprendi diferente. Mas os padres e pastores é que sabem, pelo menos eles juram serem os  representantes de Deus aqui na Terra. Será?

¨¨¨

Com a guinada conservadora da Igreja, em andamento desde os tempos do Papa João Paulo II, e o crescimento das igrejas evangélicas, o Brasil começa a viver uma experiência parecida com a dos Estados Unidos, onde esses grupo impor a sua agenda a quem não segue a fé deles.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: