Publicado por: luizerbes | outubro 26, 2009

Regulamentação necessária

Há algumas semanas, a Argentina aprovou legislação para regulamentar a mídia de seu país, buscando evitar a formação de monópolio.  Na mídia tupininquim, o tema foi tratado como intenção em controlar os meios de comunicação e atingir diretamente o Grupo Clarin, o mais poderoso do país. Virou briga governo x mídia.

No sábado, questionei o professor Fernando Ramos sobre a concentração da mídia na Espanha. Ele disse que lá também há problemas, mas que se busca uma regulamentação por audiência – ninguém, em suma, poderia dominar vários  meios (rádio, jornal, TV, TV a cabo e Internet).

E aqui no Brasil? Não temos nada neste sentido, vivemos numa espécie de selva. A Constituição é clara sobre o assunto, vedando monopólio ou oligopólio.  Mas o assunto jamais foi regulamentado. E, se depender dos grupos de mídia nacional, jamais o será.  E os políticos, ao que tudo indica, não terão a coragem de tocar  no tema, por medo de represálias.

É uma pena.

Enquanto isso, vemos o controle na mão de poucos grupos – Globo, Record (televisão), Abril e Globo (revistas), Folha, Estadão e Globo (jornais), Uol, G1, Terra (internet) e Abril (distribuição de jornais e revistas).

São poucos dominando a informação que chega aos 190 milhões de brasileiros.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: