Publicado por: luizerbes | outubro 14, 2009

A lei mata o bom senso

A história está no site jornal argentino El Clarin. Um argentino empreendeu um viagem de moto por toda a América, com o sonho de percorrer as terras entre o Alaska e a Patagônia – ou seja, ir de um fim de mundo a outro fim de mundo.

Saiu de Seattle, subiu, atravessou o Canadá e chegou ao Alaska. Foi até a ponta norte do hemisfério. Depois desceu, teve seus infortúnios – como ser atropelado por um carro e ficar de molho por seis meses no Equador – e enfim chegou à Argentina.

Ali, como a documentação da moto estava vencida, teve a moto sequestrada. Ainda está a espera da liberação. Aguarda, acampado, ao lado do seu amigo, um cachorro que adotou durante a viagem. Se conseguir a moto de volta, pretende ir até a Terra do Fogo, no extremo sul do continente.

Boa sorte!

E que os guardas argentinos tenham um pouco mais de sensibilidade – mas aí não é pedir demais?.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: